A Tarefa de Jogo de Iowa (Iowa Gambling Task ou IGT, em inglês) é um paradigma experimental usado em estudos de tomada de decisão e neuropsicologia. O jogo, desenvolvido por Antoine Bechara e seus colegas da Universidade de Iowa, é uma forma de simulação de jogo de azar que avalia as habilidades de aprendizado e tomada de decisão.

A tarefa é realizada em um computador com quatro baralhos de cartas, cada um com um conjunto de ganhos ou perdas. Os jogadores são incentivados a escolher cartas de baralhos diferentes ao longo de um número de rodadas. Dois desses baralhos são considerados desvantajosos e levam a perdas significativas, enquanto os outros dois são vantajosos e proporcionam ganhos modestos, mas constantes. Os jogadores são informados do número de baralhos vantajosos e desvantajosos no início do jogo, mas não são informados especificamente sobre os ganhos e perdas associados a cada baralho.

O objetivo do jogo é que os jogadores acumulem a maior quantidade possível de pontos monetários (recompensas) evitando os baralhos desvantajosos. Os jogadores geralmente começam escolhendo cartas de baralhos desvantajosos e, com o tempo, aprendem a escolher cartas dos baralhos vantajosos, levando a um ganho geral.

A IGT tem sido usada em neuropsicologia e pesquisa para estudar a tomada de decisão em condições de incerteza e risco. Seu uso também se estende ao campo do jogo de azar, ajudando a entender como os jogadores tomam decisões arriscadas e os procedimentos subjacentes de seus comportamentos.

Além disso, a tarefa tem sido utilizada no diagnóstico precoce de prejuízo cognitivo em pacientes com lesões cerebrais e condições neurológicas, como a doença de Alzheimer. Os pesquisadores identificam mudanças no desempenho do IGT em pacientes com prejuízo cognitivo como uma possível ferramenta de diagnóstico precoce.

Em resumo, a Tarefa de Jogo de Iowa é uma ferramenta valiosa usada em estudos de tomada de decisão, neurociência e jogo de azar. Sua estrutura única permite que os pesquisadores avaliem habilidades cognitivas importantes, como o aprendizado, a memória e as estratégias de ganho. Além disso, seu uso em diagnóstico precoce de prejuízo cognitivo tem consequências importantes para o tratamento e a pesquisa em saúde cognitiva.